Propósito é uma das palavras de ordem do momento. Caso você não tenha clareza a respeito de qual é o seu propósito, você é carta fora do baralho, ao menos é assim que parece. Mas, afinal de contas, o que é esse tal de propósito?

Uma das maneiras de identificar o seu propósito é responder a quatro questões. A primeira: o que você ama fazer? Essa era para ser a pergunta fácil, contudo, nem sempre é assim. Nós não costumamos pensar a respeito. É mais comum que façamos o que consideramos obrigação. Vale investir um tempo refletindo sobre o que você ama fazer, a ponto de fazer até de graça, apenas pelo prazer que a execução lhe proporciona. Segunda pergunta: o que você faz bem feito? Oras, você gostar de fazer uma coisa não é garantia de que você a faça com primor. Caso você encontre algo que você ame fazer e você faça bem feito, você encontrou uma paixão. Terceira pergunta: o que lhe pagariam para fazer? Sim, por incrível que pareça, mesmo que você faria de graça, é possível que existam pessoas dispostas a pagar pelo que você ama e sabe fazer. Se isso acontecer, você encontrou uma profissão. Quarta questão: o mundo precisa disto? Qual a relevância disto que você gosta, sabe e lhe pagariam para fazer? Encontrou uma resposta positiva? Então você encontrou sua vocação, sai missão.

O Propósito é a solução para estas quatro questões de uma maneira articulada, interligada. Existe apenas um Propósito? Provavelmente não. Entretanto, você deve concordar comigo neste ponto: se encontrarmos ao menos um propósito de maneira sólida, a vida muda de perspectiva. E muda para melhor! Desejo que encontres suas respostas e identifiques o teu Propósito…

Autor: Psicanalista Marcelo Rodrigo Campos