Podcast Questão de Mulher #018 – Rádio Comida com Shideh!

E o Questão de Mulher está de volta para a sua segunda temporada!
Bem vindos ao Podcast Questão de Mulher #18 – Rádio Comida!

Neste episódio de retorno, Shideh Bartar conversa com os meninos talentosos da Rádio Comida, uma galera que roda o Brasil espalhando cultura sempre com a temática comida, vejam só, aperte o play e vem brincar com a gente porque o Questão de Mulher vai começar!

[toggle title=”Assine e entre em contato”]

FEED, RSS e iTunes (Podcast): Clique aqui!

Página no iTunes: Clique aqui!

Aplicativo Android: Clique aqui!.

Sugestões:
Envie e-mail para: shideh@questaodemulher.com.br ou clique aqui. [/toggle]

Seus cabelos são aquilo que você come! Aprenda o que pode e o que não pode.

Sabemos que existe uma correlação direta entre o que comemos e saúde do cabelo.
Os cabelos compõem-se 90% da proteína, 18 aminoácidos, 8% de água, lipídeos, pentoses, glicogênio e ácido glutâmico, e 2% dos minerais de ferro, cobre, zinco, alumínio e cobalto.
Regimes radicais, restrições alimentares e dietas com falta de proteínas, vitaminas ou óleos essenciais podem alterar a estrutura do cabelo, determinando o afinamento, a perda do brilho e a interrupção do crescimento dos fios.
Para que seu cabelo se mantenha saudável, bonito e com brilho tenha uma alimentação completa e saudável. Ingira uma porção de cada grupo alimentar. Proteínas magras, carboidratos integrais e gorduras benéficas. Consuma diariamente verduras, legumes e frutas para ajudar na reposição de vitaminas e sais minerais.

Quais são as substâncias e alimentos que contribuem para a saúde dos cabelos?
• Vitamina C (Fonte: presente em frutas cítricas e tomate)
• Vitamina A (Fonte: óleo de fígado de peixe, espinafre, cenoura, gema de ovo, vegetais amarelos ou verde-escuros, melão e pêssego);
• Vitaminas do complexo B (Fonte: carnes magras, peixes, frutos do mar, leite, vegetais folhosos, cereais integrais, legumes, grãos e nozes);
• Zinco, Cobre, Ferro, Iodo (Encontrados principalmente em: carnes vermelhas e brancas, fígado, frutos do mar, gérmen de trigo, cereais integrais, peixes de água salgada, dentre outros);
• Evite períodos de jejum prolongado – Se alimente de 3 em 3 horas = os níveis de energia dos folículos capilares diminuem prejudicando os cabelos).
• Evite tomar café ou chá exageradamente.
• Caso sua dieta seja vegetariana => tente consumir produtos ricos em proteínas como ovos e alimentos a base de soja.
• Beba em média 2 litros de água ao dia.

ATENÇÃO!!
Fatores como hereditariedade, alterações hormonais, uso de medicamentos, carência nutricional (por exemplo deficiência de ferro), dietas restritas, ciclos menstruais irregulares ou intensos, alteração da tireóide , ovário policístico, entre outros; podem interferir na saúde dos cabelos. Nestes casos procure aconselhamento nutricional ou/e médico.

Saiba mais sobre como manter a saúde do seu cabeo de forma natural:

Regras para manter seu cabelo saudável
Alternativa natural ao shampoo

SusanTribess
Autora: Susan Tribess
Nutricionista

Comidas que vão dar um up no seu cansaço

Você tem dificuldades a em se levantar pela manhã?
Ou se sente com dificuldade em manter o foco depois das 3 da tarde?
E no fim do dia você tem aquela sensação de estar acabada?
Infelizmente, devido ao nosso ritmo acelerado e ao uso contínuo de tecnologia cada vez fica mais difícil desligar e a fadiga está sempre presente.

Isso não quer dizer que você deva se acomodar a essa realidade. Muito pelo contrário! Para além de tomar medidas para reduzir os níveis de stress, ou seja: desligar tudo, dormir e arrumar tempo para você mesma, existe uma variedade incrível de alimentos que ajudam.
Listamos alguns exemplos.

Brocolis: O nutriente mais importante para combater a fadiga e dar energia é o grupo das vitaminas B.
Brócolis, ovo e arroz integral são fontes ricas nesta vitamina, assim como em cálcio, e outras super importantes com a vitamina C, na A e as fibras insolúveis.
Por isso nada de deixar o brócolis fora da salada.

Alho: Insubstiuível, o alho ajuda a reduzir os níveis de colesterol, pressão alta, além de ter propriedades anti-inflamatórias que ajudam o sistema imunitário.

Gengibre:
para além de ajudar com náuseas e desconfortos digestvos, ele é termogênico, ou seja, aquece o sangue que por sua vez melhora a circulação, e faz que que as toxinas e vírus sejam expelidos.

Batata doce, cenoura e outros pigmentados: Rica em beta-caroteno, ajuda a nossa pele contra as agressões do dia-a-dia. Além de contribuir para a saúde da visão, do sistema imunitário e da saúde em geral. A absorção dos açucares da batata doce é lenta e equilibrada, o que ajuda a não ter aquela senação de sonolência depois da sua ingestão.

Chá verde ou macha: Perfeito para combater a sensação de exaustão. Cheio de antioxidantes (que ajudam a combater o envelhecimento molecular causado pelos radicais livres). Experimente fazer um chá verde com gengibre!

Frutas e verduras verdes: A deficiência de magnésio é muito comum com o passar do tempo, e a falta deste causa fadiga, depressão, doenças reumáticas, entre várias outras. Quanto mais verde for o alimento, mais magnésio tem! Outras fontes de magnésio são nozes, castanhas, peixe e bananas.

Gorduras saudáveis: Ômega 3: Ajudam a manter a vitalidade, a combater a depressão, a reduzir o risco de doenção cardiovasculares, combate a demência e a artrite. Este é o óleo que temos mais deficiência. Experts recomendão 40ml de ômega 3 por dia.

Vitamina C: Mantem a imunidade, ajuda na absorção de outras vitaminas, mantem a saúde da pele, ajuda o corpo a expulsar toxinas, dá energia e vitalidade. Ingira no mínimo 100mg por dia.

Coma bem, coma com consciência, coma pela sua saúde!

Melissa Corrêa
Melissa Corrêa
Designer, Marketeira, Amante da Saúde e Viajante