Encontre uma Mentora

Uma grande mentora pode facilitar uma performance de excelência sob sua tutela, exercendo uma influência decisiva para a auto superação e a confiança em vencer obstáculos. Esse ambiente interno de auto-estima é que nos possibilita correr mais riscos e desafiar limites para obter um desempenho acima da média.

Uma boa mentora tem a capacidade de educar pessoas e facilitar os meios para que ela tenha um comportamento pró-ativo. Dar espaço para a ação, encorajar nos erros, comemorar os acertos e indicar caminhos de melhoria. Sendo assim, vale a pena investirmos na identificação e na partilha com alguém que possa atuar como mentora em nossa trajetória pessoal e profissional.

A atividade de mentoring tem a ver com a individualização das necessidades. Reconhecer que cada pessoa é única e oferecer diferentes desafios e recompensas é um exercício danado de difícil, contudo é a atribuição mais expressiva da mentoria. Não desenvolvemos pessoas de maneira heterogênea, assim não há porque massificar a distribuição do conhecimento ou entender todos os desafios da mesma forma.

Os princípios para se identificar uma mentora, ou mais de uma, são simples, porém nem sempre fáceis de assimilarmos e trabalharmos sob orientação. Temos dificuldade de reconhecer nossos limites e, por vezes, sofremos por não nos abrirmos para a guiança de uma mentora, líder ou professora.

Uma mentora é alguém que admiramos por seu caráter, sua conduta coerente, sua performance e seus resultados. Certamente há pessoas ao seu redor com este perfil, contudo, muitas vezes, rechaçamos a ajuda desta pessoa ou evitamos uma aproximação por temor de termos nossas fragilidades identificadas. Entretanto, esse é o papel máximo da mentora e muitas pessoas estão disponíveis para ajudar quando são solicitadas.

Uma verdadeira mentora não é aquela que nos diz o que devemos fazer, mas nos ajuda a desenvolver a capacidade de pensar por nós mesmas e até influenciar outras pessoas para uma melhor performance. Mais do que oferecer respostas, uma mentora é aquela que nos instiga a perceber a realidade através de perguntas e nos indica caminhos para que possamos encontrar nossas próprias respostas.

Contudo, o maior desafio não é identificar nossas mentoras, mas nos rendermos à oportunidades de sermos orientadas, provocadas em nossas certezas, de termos abertura para esmiuçar comportamentos e atitudes e até sermos criticadas em uma avaliação pragmática, quando na maioria das vezes queremos que nos dêem razão e aprovação. Esse não é o papel da mentora. Haverá celebração, porém nas verdadeiras conquistas, aquelas em que superamos nossos limites e rompemos com padrões estreitos que só nos levam a conflitos, dificuldades e um sentimento de vitimização.

Um relação de mentoring nos levará a um grau maior de liberdade, performance e resultados, pelo simples fato de nos fazer caminhar pela trilha do auto-conhecimento e encontrar os preciosos tesouros de nossos talentos para colocá-los em prática. Reflita sobre isto. Suerte!

Autora: Dulce Magalhães Ph.D em Filosofia, escritora, palestrante e coach. www.dulcemagalhaes.com.br
Autora: Dulce Magalhães
Ph.D em Filosofia, escritora, palestrante e coach.
www.dulcemagalhaes.com.br